bv-14

14 jan Candidatos devem interagir com eleitores, diz especialista em marketing político

Para a especialista em marketing político Gil Castillo, as redes sociais deverão ser a “bola da vez” das eleições municipais desse ano. “Essas mídias vão ter uma participação maior nessas eleições, principalmente pela situação financeira dos partidos e pelas limitações impostas pela reforma eleitoral para as propagandas de rua”, analisou.

A especialista alerta, no entanto, que é preciso saber usar essa ferramenta. “Diferentemente de rádio e TV, a internet não é uma mídia de massa. É um ambiente em que as pessoas interagem. O político que não entender esse desafio vai acabar pregando para convertidos, falando basicamente com seu público, e não vai conseguir difundir as ideias importantes”, disse.

“Ainda se vê muitos políticos postando agenda e discurso, e isso não funciona. O que funciona é a interação, seja para discutir questões críticas, seja para discutir propostas”.

Equipe. 
Para Gil Castillo, contratar uma assessoria especializada pode ser a melhor opção para que o político vença as barreiras da comunicação na internet. “É preciso haver uma equipe preparada pra interagir, afinada com a agenda do político, para não deixar o eleitor sem resposta. O diferencial é saber dialogar”, afirmou.

 

Fonte: O Vale.

Sem comentários

Adicione um comentário